Governo dos Açores empenhado em continuar a rever o POSEI para servir melhor os agricultores

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou, na ilha Terceira, que, apesar das alterações introduzidas no programa POSEI nos últimos três anos, com benefícios concretos para a agricultores, o Governo está empenhado em rever, em articulação com a Federação Agrícola dos Açores e demais parceiros do setor, este programa para 2021, de modo a continuar a servir melhor os agricultores.

A continuação da restruturação do setor do leite, permitindo a reconversão de explorações mais pequenas e dos agricultores mais idosos para explorações de carne, com a atribuição de direitos de vacas aleitantes, ou ainda a revisão do prémio ao abate, com critérios de qualidade e alinhados com a estratégia de valorização da carne dos Açores, foram alguns exemplos apontados sábado, na apresentação das alterações do programa POSEI para 2020, perante mais de duas centenas de agricultores.

João Ponte recordou ainda que o reforço com verbas regionais do programa POSEI, que foi decidido no último ano, referente às produções agrícolas de 2018, no prémio ao abate, bem como na ajuda à manutenção da vinha, para reduzir as taxas de rateios a valores inferiores a 10%, constitui mais um exemplo de que “o Governo dos Açores está sempre ao lado dos agricultores”.

O governante salientou que o POSEI tem sido um instrumento estratégico essencial para ajudar à coesão territorial e à manutenção da atividade agrícola nas zonas rurais e de estímulo ao desempenho das pequenas explorações agrícolas, permitindo que nos Açores 85% dos produtores de carne de bovino e 43% dos produtores de leite tenham recebido a ajuda sem qualquer redução.

  • Quem Somos

    Associação dos Jovens Agricultores Micaelenses

     

    Associação sem fins lucrativos, destinada a informar e contribuir para a valorização técnica, empresarial e cultural dos Jovens Agricultores Micaelenses.

     

  • Tempo em PDL

  • Simuladores

  • Preços Gasóleo

    Preços 1 dezembro 2019

    Normal – 1.283€

    Agrícola – 0,801 €

Bem Vindo À

Associação de Jovens Agricultores Micaelenses