Catálogo de Touros 2018

Catálogo Final 2018_Image1Catálogo Final 2018_Image2Catálogo Final 2018_Image3Catálogo Final 2018_Image4Catálogo Final 2018_Image5  Catálogo Final 2018_Image55

 

Catálogo Final 2018_Image5Catálogo Final 2018_Image6Catálogo Final 2018_Image7Catálogo Final 2018_Image8Catálogo Final 2018_Image9Catálogo Final 2018_Image10Catálogo Final 2018_Image11Catálogo Final 2018_Image12Catálogo Final 2018_Image13Catálogo Final 2018_Image14Catálogo Final 2018_Image15Catálogo Final 2018_Image16Catálogo Final 2018_Image17Catálogo Final 2018_Image18Catálogo Final 2018_Image19Catálogo Final 2018_Image20Catálogo Final 2018_Image21Catálogo Final 2018_Image22Catálogo Final 2018_Image23Catálogo Final 2018_Image24Catálogo Final 2018_Image26Catálogo Final 2018_Image27Catálogo Final 2018_Image28Catálogo Final 2018_Image29Catálogo Final 2018_Image30Catálogo Final 2018_Image31Catálogo Final 2018_Image32Catálogo Final 2018_Image33Catálogo Final 2018_Image34Catálogo Final 2018_Image35Catálogo Final 2018_Image36Catálogo Final 2018_Image37Catálogo Final 2018_Image38Catálogo Final 2018_Image39Catálogo Final 2018_Image41Catálogo Final 2018_Image42Catálogo Final 2018_Image43Catálogo Final 2018_Image44Catálogo Final 2018_Image45Catálogo Final 2018_Image46Catálogo Final 2018_Image47Catálogo Final 2018_Image49

Catálogo 2017

6-page-0016-page-003

6-page-004

 6-page-0056-page-005 6-page-006 6-page-0076-page-008 6-page-0096-page-0106-page-011 6-page-0126-page-0136-page-0146-page-0156-page-016 6-page-017 6-page-0186-page-0196-page-0206-page-0216-page-023 6-page-0246-page-0266-page-0276-page-0286-page-0296-page-0306-page-0316-page-0336-page-0346-page-0356-page-03628-page-0376-page-0396-page-04028-page-0416-page-043

CATÁLOGO 2014

 

catalogo-touros_page_01

 

CATÁLOGO 2013

 

prova-final-catalogo-2013_page_01

 

 

Morfologia da Vaca Leiteira

 

 


 

 

REPRODUÇÃO E PREVENÇÃO

A produtividade de uma manada depende, em grande parte, da sua eficiência reprodutiva que, por sua vez, depende de vários factores. Cerca de 40% dos refugos de uma exploração são motivados por falhas reprodutivas, as quais constituem um obstáculo à rentabilidade económica da exploração.
Existem várias doenças que afectam a fertilidade de um efectivo, dentro das quais, se destacam as doenças víricas (IBR e BVD) e parasitárias.
Sendo assim, o controlo destas doenças, deve ser mantido com rigor, através de programas adequados de desparasitação e vacinação.

 

 

DESPARASITAÇÃO

O parasitismo provoca fraqueza e mau estado corporal, atrasos de crescimento, má nutrição e predispõe ao aparecimento de doenças, como por exemplo pneumonias, interferindo de forma muito negativa na reprodução. Desta forma, o parasitismo favorece o aparecimento de repetições de cio, mortes embrionárias e abortos, defeitos congénitos, atrasos no aparecimento do cio após o parto e na puberdade, etc.
Numa exploração, é essencial a existência de um programa de desparasitação adequado e rigoroso, de modo a melhorar a eficiência reprodutiva, ao prevenir as situações citadas em cima.

 

 

VACINAÇÃO

A vacinação confere protecção global contra os processos reprodutivos de etiologia vírica que afectam os bovinos (ex. IBR e DVD).
Sendo assim, a existência de um correcto programa vacinal melhora a eficiência reprodutiva de uma exploração, ao prevenir o aparecimento de abortos, infertilidade, retenções de placenta, mortes embrionárias, repetições de cio, etc.

 

Deolinda do Carmo Fernandes da Silva
Médica Veterinária


OS CÓDIGOS aAa

O sistema aAa foi criado por Bill Weeks em 1952, permanecendo inalterado até aos nossos dias. Estes códigos baseiam-se na correlação das diferentes partes do corpo do animal em si mesmo.
Os códigos aAa não representam nem os índices de produção, nem o tipo, nem fazem parte das provas oficiais, significam sim uma ideia do que as filhas desses touros poderão vir a ser.
Existem seis qualidades externas no animal, dos quais são atribuido-lhes seis códigos numéricos. Cada código numérico corresponde às descrições usadas pela organização aAa. Para evitar possíveis erros de tradução, a organização aAa utiliza os termos sempre em inglês.
Assim, o código aAa de um touro representa a ordem numérica das qualidades e caractéres corporais que se transmite primeiro à sua descendência. Por exemplo, um touro 2 1 6 3 4 5 significa que as suas filhas são altas (2), leiteiras (1) e com bastante estilo (6).

 

 

Classificação Morfológica

 

 

  • Quem Somos

    Associação dos Jovens Agricultores Micaelenses

     

    Associação sem fins lucrativos, destinada a informar e contribuir para a valorização técnica, empresarial e cultural dos Jovens Agricultores Micaelenses.

     

  • Tempo em PDL

  • Simulador de Leite

  • Preços Gasóleo

    Preços 1 janeiro 2018

    Normal – 1.23€

    Agrícola – 0,72 €

Bem Vindo À

Associação de Jovens Agricultores Micaelenses